Plano de Animação Permanente



Às vezes na vida de uma equipa, como na vida conjugal, perdemos o ritmo e a equipa torna-se outra coisa: um grupo de amigos, de debate intelectual, de oração, renunciando a um sério compromisso de avançar na Caridade. “Partimos na esperança e no entusiasmo. Podemos viver sobre este ímpeto em qualquer tempo. Mas ele desaparece, fatalmente… é por isso que temos de começar de novo, fazer novos começos. E é isso que nós fizemos no Movimento, com muita frequência. Este é provavelmente o segredo de uma vitalidade sempre evidente. É o segredo de uma fecundidade, que se espalhou no mundo inteiro ao longo de 70 anos”

(Padre Olivier).


O Encontro de Equipas em Aprofundamento (EEAprof) surge como resposta à necessidade dum acompanhamento permanente da vida das equipas e dos casais do Movimento das ENS. Assim, pensámos inicialmente que poderia destinar-se à participação de casais com mais de 20 a 25 anos de vida em equipa. Após a auscultação de equipas (com este tempo de caminhada), de Norte a Sul de Portugal, incluindo Madeira e Açores, decidimos que o Encontro continua a ser para a participação preferencial em equipa, aceitando-se, contudo, inscrições de casais.

Pretendemos refletir em conjunto, aprofundar a metodologia do Movimento, partilhar a riqueza da vivência dos PCE, neste caminho de aperfeiçoamento em casal e em equipa, realçando a entreajuda e a comunhão fraterna.

A palavra inspiradora e exigente do Pe. Caffarel, convida-nos a uma renovação e compromisso constantes. Por isso esta etapa da Animação Permanente terá temas que julgamos adequados e oportunos para um novo despertar da vida das equipas.

Aproveitando a experiência profícua dos Encontros de Animação Permanente já realizados na SR Portugal, EECam, EECom, EENF, vamos igualmente privilegiar os tempos de exposição/formação, testemunho, partilha em equipa e em equipas mistas, oração, celebração.

É tempo de olhar para a nossa realidade atual, escutar o Senhor e segui-Lo; fazer a Sua vontade. Temos 20, 25 ou mais anos de equipa, não queiramos ficar só aí, «que bom é estarmos aqui», fazer aí a sua “tenda”! O Senhor convida-nos a ser testemunhas da Sua ressurreição.

Os Encontros de Equipas em Aprofundamento têm como lema “Este é o Meu Filho muito amado, escutai-O”. Foram desenvolvidos 2 temas:

- Viver o Evangelho em Casal (o Dever de Sentar ao Longo do Tempo; a Comunicação e o Acolhimento no Núcleo Familiar);

- Rezar o Evangelho em Casal (a Oração em Casal e a Transmissão da Fé aos mais novos; o Papel dos Avós).

Veja abaixo o Plano de Animação/Formação da Supra Região e os restantes Encontros de Equipas que já estão implementados.


Plano de Animação/Formação

A Formação é um dos pilares do Plano da Supra Região. Desta forma, a implementação do novo modelo de Animação Permanente torna-se urgente e assume uma das prioridades desta equipa nacional. Pretende-se levar cada casal a tornar-se um membro vivo e ativo na Igreja de hoje. Pretende-se valorizar a reflexão dos documentos fundadores do Movimento que traduzem a visão profética do Padre Caffarel sobre o sacramento do Matrimónio. Pretende-se fazer com cada casal uma caminhada em equipa, para que em conjunto cresçam e se ajudem mutuamente no amor a Deus e aos homens. Pretende-se mostrar que ter a graça de fazer parte deste Movimento significa “encher as talhas de água” e dar-se continuamente, ao serviço de outros, no Movimento, na Igreja e no mundo.

Para clarificar as questões mais relevantes que se colocam sobre o Plano de Animação/Formação e sua implementação no terreno, foi elaborado um Manual com as Perguntas mais Frequentes, que aconselhamos a ler. É um documento de indispensável leitura por parte de todos os casais que exerçam alguma responsabilidade no Movimento, em particular os responsáveis de Setor e de Região e os casais das equipas Formadoras.


Modelo de Animação/Formação

O “novo” Modelo de Animação/Formação agora lançado pela Supra Região tenta clarificar e estruturar o conjunto das formações disponíveis para todos os casais, de acordo com a sua finalidade, o alvo a que se destinam e a metodologia formativa aplicada.

Este modelo está estruturado em Encontros de Equipa (à semelhança do Encontro de Equipas Novas realizado já para as equipas que terminam a sua pilotagem), em Sessões de Aprofundamento (da fé e da doutrina da Igreja) e em Formações Específicas.


Os Encontros de Equipas, como o próprio nome indica, destinam-se à participação da Equipa como um todo, de acordo com o seu “ciclo de vida”. Estes encontros pretendem oferecer um conjunto de conteúdos adaptados ao progresso espiritual e às necessidades das equipas.

As sessões de aprofundamento têm como objetivo ajudar os casais a terem maior conhecimento da doutrina da Igreja e dos seus documentos principais, e assim crescerem na Fé.

As Formações Específicas destinam-se a casais que, depois de assumirem uma responsabilidade no Movimento, têm oportunidade de participar numa formação orientada para essa missão.


Encontros de Equipas

Os Encontros de Equipas dirigem-se às equipas no seu conjunto de forma a privilegiar a caminhada dos seus casais num espírito de entreajuda. À semelhança do que acontece hoje com o Encontro de Equipas Novas, concebeu-se uma formação/animação específica para equipas que completem 5/7, 10/12, 15 e mais de 20/25 anos de equipa. A primeira será designada por Encontro de Equipas em Caminhada; a segunda, Encontro de Equipas em Comunhão; a terceira, Encontro de Equipas Novo Fôlego e a quarta Encontro de Equipas em Aprofundamento.

Estes encontros têm como objetivo ajudar os casais, nas suas equipas, a aprofundarem continuamente, e num crescendo, a mística, o carisma e a metodologia do Movimento. Nesta caminhada de aprofundamento, as equipas, cuja vocação ao Amor está inscrita na Carta Fundadora (1947), vão sucessivamente aprofundando a sua espiritualidade conjugal, capaz de se tornar veículo de missão, dentro e fora do Movimento.

Os Encontros de Equipas assentam assim, em dois aspetos fundamentais: é adaptada ao ciclo de vida das equipas e, far-se-á a partir do aprofundamento do pensamento do Padre Caffarel. Pretendem assim dar resposta às dificuldades sentidas pelas equipas no aprofundamento da espiritualidade conjugal, vivida em equipa e partilhada com as outras equipas do Movimento.

 


Encontros de Equipas em Caminhada (EECam)

Ao contrário de outras formações propostas pelo Movimento, o Encontro de Equipas em Caminhada é dirigido às equipas (incluindo todos os casais) que estão no Movimento há 5/7 anos, quer tenham participado ou não num Encontro de Equipas Novas. Faz parte do plano de animação/formação para qualquer equipa, constituindo assim o segundo passo na oferta de animação permanente em equipa, proporcionada pelo Movimento.

Não fica excluída a participação a Equipas que, tendo entrado há mais tempo para o Movimento, manifestem interesse em participar neste Encontro.

Com o “Encontro de Equipas em Caminhada” pretende-se que todos os casais da equipa se aproximem na vivência do carisma e do método do Movimento, ajudando-se mutuamente nesse percurso. Esta é uma oportunidade para os casais se obrigarem a fazer uma revisão de vida em equipa e de aprofundarem alguns pontos concretos de esforço, no sentido de uma procura de mudança e aperfeiçoamento de atitudes.

Este encontro destina-se às equipas que fizeram o Encontro de Equipas Novas e o seu compromisso há quatro ou cinco anos. Dirige-se ainda a todas as equipas que, sendo mais antigas no Movimento, não fizeram o Encontro de Equipas Novas e desejam fazer esta experiência. Terá 4 módulos e a duração de um fim de semana, à semelhança do Encontro de Equipas Novas.

Porque o Movimento foi criado pelo Padre Caffarel, por inspiração do Espírito Santo, importará aprofundar o pensamento do nosso fundador, a partir das obras que publicou. Merece particular destaque neste encontro, a temática da Espiritualidade Conjugal e da beleza do amor humano, a razão de ser das Equipas de Nossa Senhora.


Encontros de Equipas em Comunhão (EECom)

Os Encontros de Equipas em Comunhão estão abertos à participação das equipas que têm aproximadamente 10/12 anos de caminhada, que fizeram o Encontro de Equipas em Caminhada há aproximadamente cinco anos; ou, que participaram no Encontro de Equipas Novas há oito ou dez anos.

Esta atividade constitui o terceiro passo na oferta de encontros em equipa, proporcionada pelo Movimento. No entanto, não está excluída a sua abertura a qualquer equipa que sinta a necessidade de participar.

O Encontro de Equipas em Comunhão pretende responder às dificuldades e expetativas de uma equipa com 10/12 anos de vida no Movimento, sendo pensada como uma resposta às necessidades da caminhada espiritual da equipa. Este encontro terá por isso os mesmos objetivos do Encontro de Equipas em Caminhada, mas com um nível de exigência e profundidade maiores.

 

Encontro de Equipas Novo Fôlego (EENF)

O Encontro de Equipas Novo Fôlego, o quarto passo na Animação Permanente para as equipas, dirige-se às equipas com mais de 15 anos de vida no Movimento, cujo objetivo é proporcionar-lhes um “Novo Fôlego”.

Com este “Encontro de Equipas Novo Fôlego” pretende-se que todos os casais da equipa se interroguem sobre a forma como as três atitudes de vida permitiram o aprofundamento da espiritualidade conjugal de todos os casais que constituem a equipa. Esta é uma oportunidade para os casais se obrigarem a fazer uma revisão de vida em equipa e de aprofundarem alguns pontos concretos de esforço, no sentido de uma procura de mudança e aperfeiçoamento de atitudes. O “Encontro de Equipas Novo Fôlego” oferece a oportunidade das equipas darem um passo decisivo, apelando a toda a equipa no seu conjunto para refletir sobre o seu percurso e evolução futura… para se renovar.

Este encontro é dirigido a todas as equipas com mais de 15 anos de caminhada, que sentem a necessidade dum novo impulso e pode ser repetido a cada 5 anos, sempre que a equipa assim entenda.


Encontro de Equipas em Aprofundamento (EEAprof)

O Encontro de Equipas em Aprofundamento, o quinto passo na Animação Permanente para as equipas, dirige-se às equipas com mais de 20-25 anos de vida no Movimento.

Pretende-se refletir em conjunto, aprofundar a metodologia do Movimento, partilhar a riqueza da vivência dos PCE, neste caminho de aperfeiçoamento em casal e em equipa, realçando a entreajuda e a comunhão fraterna.


Os Encontros de Equipas em Aprofundamento têm como lema “Este é o Meu Filho muito amado, escutai-O”. Foram desenvolvidos 2 temas:

- Viver o Evangelho em Casal (o Dever de Sentar ao Longo do Tempo; a Comunicação e o Acolhimento no Núcleo Familiar);

- Rezar o Evangelho em Casal (a Oração em Casal e a Transmissão da Fé aos mais novos; o Papel dos Avós).

A palavra inspiradora e exigente do Pe. Caffarel convida-nos a uma renovação e compromisso constantes.

Os cristãos casados são chamados à perfeição – “A primeira verdade que a sua vida deve proclamar é que Cristo veio chamar cada homem à perfeição… O matrimónio cristão não somente não é, de modo nenhum, um obstáculo a essa consecução da perfeição cristã, mas é, pelo contrário, para os cristãos casados, a via que lá os conduz… O matrimónio cristão é uma instituição divina, santa e santificante… Louvar a Deus é o primeiro aspeto da missão do casal cristão…. No lar cristão, a longa e difícil tarefa da educação visa não só formar homens, mas também filhos de Deus… O verdadeiro casal cristão – tal como a Igreja de que é uma célula – não pode deixar de ser animado por uma ardente inspiração missionária.”

“O essencial da caridade é a entreajuda, esse socorro material e moral levado a um irmão em Cristo para o ajudar a corresponder plenamente à vontade de Deus, a cumprir bem a sua missão humana e cristã… Entreajuda entre casais: é em certa medida a razão de ser das equipas. Recordem a passagem da Carta: «Porque conhecem a sua fraqueza e os limites das suas forças, que não da sua vontade… porque sentem cada dia como é difícil viver como cristãos num mundo pagão… e porque têm uma fé indefetível no poder da ajuda fraternal, decidiram formar equipa».

“Finalmente, a entreajuda entre equipas. O nosso Movimento é uma equipa de equipas. Assim, as equipas mais antigas ajudam as mais recentes, fazendo-as aproveitar das suas experiências. Todo o Movimento aproveita o exemplo de cada equipa: o dinamismo apostólico de umas e a amizade fraterna de outras… contrariando o individualismo e independência dos nossos contemporâneos…” (excertos da Apresentação das Equipas de Nª Senhora a João XXIII, Pe. Caffarel, 1959).



Documentos associados
Publicado em sexta-feira, 2 de Dezembro de 2011
 
SUPRA-REGIÃO »
Sector Oeiras A